top of page
  • José Leonídio

Pílulas Literárias #118 - Frustração

Nem sempre conseguimos realizar o que sonhamos.


Dizem que, no papel, na tela do laptop, e nos sonhos, tudo cabe, porém quando transportamos para o mundo real, vemos que sua construção dependerá de inúmeros fatores que da nossa imaginação não faziam parte.


Imaginar uma determinada situação em mínimos detalhes, e na hora da realização não conseguirmos fazer nem cinquenta por cento do que projetamos por diversas causas, é frustrante.


Não somos um script pronto, somos linhas com objetivos gerais ou principais.

Se assim agirmos, transformaremos nossas frustrações em conquistas, porque cada momento vivido é uma vitória.


Se permitam mergulhar nas benesses do dia a dia, elas suplantam nossos revezes, porque viver é nossa maior conquista.


Tenham um belo dia.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Pílulas Literárias #246 - Prazer

As palavras vão tomando novos sentidos, com o passar dos anos, dos séculos. Um exemplo é a palavra Prazer, que, na sua origem latina “Placere”, remetia-se a: “aceito”, “querido”, que, por sua vez, es

Pílulas Literárias #245 - Encontro

Existem duas formas distintas e antagônicas no sentido da palavra encontro. Se usamos como direcionamento, a preposição "a", acrescida do artigo "o" , ou seja, "ao encontro", não existem barreiras que

Pílulas Literárias #244 - Conversa

Nada é mais salutar do que uma conversa aberta, em campo neutro. O antigo papa de botequim, sem hora marcada, sem tempo definido, quantas arestas foram quebradas, não pelos valores etílicos e, sim, po

コメント


bottom of page