• José Leonídio

Pílulas Literárias #61 - Hábitos

Nos acostumamos à prática de determinados procedimentos, não por uma questão de querer fazê-lo, e sim pela necessidade do momento. A continuidade leva-nos a incorporá-los no nosso dia a dia e vamos abandonando aqueles que são os nossos grandes sonhos, até que fiquem não como uma interrogação, mas como um ponto final, porque o hábito nos fez virar a página de nossa própria história que desejávamos construir.

Por maior que sejam nossas necessidades para sobrevivência, não e honesto conosco abandonarmos os nossos objetivos.

O tempo é capaz de tudo, menos de interromper o que sonhamos: se hoje não temos como realizá-lo, surgirá o momento em que poderemos conquistá-los.

Nunca abandonem seus anseios. Eles podem se transformar em realidade.



7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Quantas vezes nos deparamos com a palavra incógnita no sentido de algo ou alguém não conhecido? É comum vê-la associada a mistérios, problemas, segredos, enigmas. Nas ciências exatas, como a Matemátic

Religião e Fé são duas palavras de origem latina que se completam. Religião, segundo alguns estudiosos, origina-se de religio, “louvor e reverência aos Deuses”, outra corrente, a re + ligare, com sent

Sinceridade, uma palavra de origem latina que faz parte do nosso dia a dia, que dá a noção de que quem é sincero carrega na sua substância de vida a franqueza, a lisura de caráter. Podemos até dizer d