top of page
  • José Leonídio

Pílulas Literárias #44 - Acolher

É comum ouvirmos a palavra acolher, com o sentido de receber, abrigar a si mesmo, de proteger alguém.


No convívio diário, o acolhimento vai muito além do que oferecer um local para ficar, saciar a fome. Acolher é um verbo de múltiplas ações que se interligam.


Esta é uma delas. Quando se acolhe outrem, oferecemos muito mais que uma cama e um prato de comida. Ouvir a quem se abriga, oferecer-lhe novas opções faz parte deste universo chamado acolhimento.


Quando nosso "coração" acolhe outro, estamos dividindo todas estas funções. O maior exemplo de acolhimento é o ser mãe, porque esta acolhe seu filho desde sua concepção e segue a seu lado, exercendo todas as variantes que a palavra oferece, enfim, acolher também pode ter como sinônimo amor.




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Pílulas Literárias #246 - Prazer

As palavras vão tomando novos sentidos, com o passar dos anos, dos séculos. Um exemplo é a palavra Prazer, que, na sua origem latina “Placere”, remetia-se a: “aceito”, “querido”, que, por sua vez, es

Pílulas Literárias #245 - Encontro

Existem duas formas distintas e antagônicas no sentido da palavra encontro. Se usamos como direcionamento, a preposição "a", acrescida do artigo "o" , ou seja, "ao encontro", não existem barreiras que

Pílulas Literárias #244 - Conversa

Nada é mais salutar do que uma conversa aberta, em campo neutro. O antigo papa de botequim, sem hora marcada, sem tempo definido, quantas arestas foram quebradas, não pelos valores etílicos e, sim, po

Comments


bottom of page