top of page
  • José Leonídio

Pílulas Literárias #42 - Caminhos

Longas retas na planícies, curvas perigosas nas montanhas, atravessamos todas durante a vida. As paisagens vão se alternando à nossa frente, algumas que conhecemos, outras, não.


As que percorremos ao longo de nossa jornada nos trazem lembranças que oscilam entre as boas e as que, se pudéssemos, deixaríamos enterradas no passado. No entanto, existem novas estradas desconhecidas, as quais não sabemos onde vão nos levar.


Atravessá-las é imperativo, porém, a nossa insegurança nem sempre permite irmos encontrar o novo, o desconhecido. Se nos prendermos às dificuldades das experiências que vivenciamos, podemos ficar imobilizados na construção de novos valores que serão importantes para ultrapassarmos as novas etapas da vida que se seguirão.


O medo não é bom conselheiro.


Seguir em frente com prudência, talvez, nos leve ao encontro do que queremos, da realização de nossos objetivos.




7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Pílulas Literárias #246 - Prazer

As palavras vão tomando novos sentidos, com o passar dos anos, dos séculos. Um exemplo é a palavra Prazer, que, na sua origem latina “Placere”, remetia-se a: “aceito”, “querido”, que, por sua vez, es

Pílulas Literárias #245 - Encontro

Existem duas formas distintas e antagônicas no sentido da palavra encontro. Se usamos como direcionamento, a preposição "a", acrescida do artigo "o" , ou seja, "ao encontro", não existem barreiras que

Pílulas Literárias #244 - Conversa

Nada é mais salutar do que uma conversa aberta, em campo neutro. O antigo papa de botequim, sem hora marcada, sem tempo definido, quantas arestas foram quebradas, não pelos valores etílicos e, sim, po

Comments


bottom of page