• José Leonídio

Pílulas Literárias #33 - O Amanhã

"Como será o amanhã?", nos perguntava um antigo samba enredo da União da Ilha do Governador.


Sua temática era a cultura popular e adivinhar o que viria pela frente. A ansiedade pelo que virá pela frente leva-nos a esquecer que o amanhã, o novo, o desconhecido, surge depois que a noite se desfaz, é trazido pelos raios de sol que a iluminam.


Se plantamos um amanhã claro como o dia, teremos a certeza que assim o será, pelo contrário, se nos escondemos nas brumas da noite, nosso amanhã será de sombras refletidas de dentro de nós mesmos.


Que nosso amanhã seja claro e brilhante com o sol de abril/maio.




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Existe uma diferença entre a gnose (conhecimento, sabedoria) do homo sapiens para as máquinas ditas inteligentes, que nos substituira em todos os nossos atos e obrigações. O conhecimento das ditas má