top of page
  • José Leonídio

Pílulas Literárias #243 - Renascimento

Domingo, dia do Renascimento de Jesus, o filho de "Deus", o ungido (e o sentido da palavra CRISTO). Apesar de ser quase um feriado mundial, que envolve todas as crenças, com o passar dos séculos foi perdendo o invólucro de dia santificado para o de lazer, descanso e até mesmo do relacionamento amoroso, o que até meados do século passado era considerado uma profanação grave aos ditames sacros.


Apesar de continuar a ser o dia do renascimento, perdeu seu invólucro de tristeza. Não mais se vão às missas ou aos cultos, nas religiões ditas "ungidas pelo filho de Deus" para depois, as famílias se reunirem em torno do patriarca e da matriarca para comemorar a ressurreição.


Os princípios religiosos foram sendo deixados como lembranças de tempos idos, nos adros dos templos.


As famílias hoje se encontram através das redes sociais, cada um no seu espaço, do renascimento do Filho ungido não mais se lembram.


Novos tempos, novos conceitos, novas práticas. O domingo? Este continuará a ser um dia de feriado mundial, liberto dos grilhões da inquisição ou mesmo dos antolhos dos huguenotes.


Os domingos passaram a ser o dia em que tudo é possível, tudo é permitido, até mesmo professar a FÉ.


Viva intensamente o seu domingo sem barreiras, porque merecemos um dia de alegria e, por que não, de amor, no sentido amplo da palavra?

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Pílulas Literárias #246 - Prazer

As palavras vão tomando novos sentidos, com o passar dos anos, dos séculos. Um exemplo é a palavra Prazer, que, na sua origem latina “Placere”, remetia-se a: “aceito”, “querido”, que, por sua vez, es

Pílulas Literárias #245 - Encontro

Existem duas formas distintas e antagônicas no sentido da palavra encontro. Se usamos como direcionamento, a preposição "a", acrescida do artigo "o" , ou seja, "ao encontro", não existem barreiras que

Pílulas Literárias #244 - Conversa

Nada é mais salutar do que uma conversa aberta, em campo neutro. O antigo papa de botequim, sem hora marcada, sem tempo definido, quantas arestas foram quebradas, não pelos valores etílicos e, sim, po

Comments


bottom of page