top of page
  • José Leonídio

Pílulas Literárias #195 - Ajuda

Ajudar alguém nos dá um sentimento de ser útil, de poder estar junto, socorrer no momento que está sendo preciso.


Faz bem a quem ajudamos e a nós mesmos, seres humanos.


A grande dificuldade está em saber quando este alguém quer ser ajudado.


A soberba, em muitas ocasiões, supera o "necessitar ajuda".


Temos toda noção de que podemos auxiliar de algum modo, aliviar a carga, mas o orgulho de não precisar de ninguém, ser capaz, faço sozinho e o primeiro degrau do "escada abaixo".


A humildade de dizer "sim, eu preciso" cria alianças fortes, que nos levarão a subir as ladeiras da vida.


Aceitar a ajuda e dividir para somar. Pensem nisso antes de recusar que alguém os auxilie.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Pílulas Literárias #246 - Prazer

As palavras vão tomando novos sentidos, com o passar dos anos, dos séculos. Um exemplo é a palavra Prazer, que, na sua origem latina “Placere”, remetia-se a: “aceito”, “querido”, que, por sua vez, es

Pílulas Literárias #245 - Encontro

Existem duas formas distintas e antagônicas no sentido da palavra encontro. Se usamos como direcionamento, a preposição "a", acrescida do artigo "o" , ou seja, "ao encontro", não existem barreiras que

Pílulas Literárias #244 - Conversa

Nada é mais salutar do que uma conversa aberta, em campo neutro. O antigo papa de botequim, sem hora marcada, sem tempo definido, quantas arestas foram quebradas, não pelos valores etílicos e, sim, po

Comments


bottom of page