top of page
  • José Leonídio

Pílulas Literárias #182 - Tradição

Desenvolver temas de enredo para Escolas de Samba e blocos do Rio de Janeiro sempre foi para mim um desafio. Numa determinada ocasião, foi-me sugerido que escrevesse sobre a sabedoria popular que atravessa o tempo e chega aos dias de hoje.


A proposta era desafiadora, porém várias escolas apresentaram evoluções semelhantes na Avenida.


Algum tempo depois aceitei, levando uma nova visão: o ontem, hoje e o futuro.


Por que recorro a esta lembrança de tempos idos? A tradição popular não se perde com o passar dos anos, ao contrário, é a base para as que criaremos no aqui e agora, e não ficarão esquecidas: elas se perpetuarão para todo e sempre.


Na medida em que as gerações se sucedem, novos olhares as interpretarão, com cores e atores dispares, porém alicerçadas em experiências com o mesmo viés.


Assim somos nós, aproveitamos o ontem para viver o hoje e nos projetarmos para o amanhã, que só a ele pertence.


A tradição é uma escultura, que entalhamos no dia a dia.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Pílulas Literárias #246 - Prazer

As palavras vão tomando novos sentidos, com o passar dos anos, dos séculos. Um exemplo é a palavra Prazer, que, na sua origem latina “Placere”, remetia-se a: “aceito”, “querido”, que, por sua vez, es

Pílulas Literárias #245 - Encontro

Existem duas formas distintas e antagônicas no sentido da palavra encontro. Se usamos como direcionamento, a preposição "a", acrescida do artigo "o" , ou seja, "ao encontro", não existem barreiras que

Pílulas Literárias #244 - Conversa

Nada é mais salutar do que uma conversa aberta, em campo neutro. O antigo papa de botequim, sem hora marcada, sem tempo definido, quantas arestas foram quebradas, não pelos valores etílicos e, sim, po

コメント


bottom of page