top of page
  • José Leonídio

Pílulas Literárias #163 - Concordar

Concordar é uma palavra usada na linguagem coloquial com frequência. Concordar vem do latim, na união da preposição "COM" e "CORDIS - COR", que significa coração. Concordar significa, segundo sua origem, com o coração, corações unidos. Na visão latina dois corações que "pensavam" - agiam da mesma forma" - sobre um determinado assunto ou tema.


Nos dias atuais a concordância perdeu toda a significação original onde o " CORDIS - COR - CORAÇÃO" unia os concordantes, o que foi substituído, por assinar um papel declarando que você está de aCORdo com o que as letras miúdas de um texto longo, na maioria das ocasiões, na linguagem"ADVOQUÊS," que é fria e envolve quem o assina numa teia em que os caminhos de volta inexistem.


Aqui não encontramos COM CORDIA - COM COR- COM CORAÇÃO," no seu conceito original e, sim, uma decisão fria e calculista de um só, onde a união dos CORAÇÕES, dos sentimentos sobre aquela questão específica, inexiste.

Ficamos presos a uma decisão sobre a qual nunca houve o COM CORDIS.


Tenham uma semana COM CORDIS.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Pílulas Literárias #246 - Prazer

As palavras vão tomando novos sentidos, com o passar dos anos, dos séculos. Um exemplo é a palavra Prazer, que, na sua origem latina “Placere”, remetia-se a: “aceito”, “querido”, que, por sua vez, es

Pílulas Literárias #245 - Encontro

Existem duas formas distintas e antagônicas no sentido da palavra encontro. Se usamos como direcionamento, a preposição "a", acrescida do artigo "o" , ou seja, "ao encontro", não existem barreiras que

Pílulas Literárias #244 - Conversa

Nada é mais salutar do que uma conversa aberta, em campo neutro. O antigo papa de botequim, sem hora marcada, sem tempo definido, quantas arestas foram quebradas, não pelos valores etílicos e, sim, po

Opmerkingen


bottom of page