top of page
  • José Leonídio

Pílulas Literárias #151 - Cumplicidade

Cumplicidade, uma palavra que traz na sua origem, no seu contexto, a expressão maior de quem auxilia alguém a realizar seus sonhos, projetos, objetivos.


Cumplicidade tem origem no vocábulo latino CUMPLICITAS, que por, sua vez, deriva de COMPLEX, “parceiro, confederado”, e mais remotamente COMPLICARE. COM significa junto e PLICARE, “dobrar”. Que literalmente nos leva ao princípio de que: o que dobramos junto mante-se próximos.


A cumplicidade são linhas paralelas, onde os cúmplices caminham e realizam juntas o que se propuseram a realizar, dar vida.


Não existe cumplicidade quando o sonho de um só representa auferis ganhos porque se propõe a estar a seu lado.


O cúmplice não se aproveita somente das benesses do "estar junto", mas também de ajudá-lo a transpor dificuldades, ajudando-o a alcançar o que tanto deseja; o sentido e outro passa a ser um mero explorador do sonho alheio.


Ser cúmplice é estar junto do princípio ao fim da jornada.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Pílulas Literárias #246 - Prazer

As palavras vão tomando novos sentidos, com o passar dos anos, dos séculos. Um exemplo é a palavra Prazer, que, na sua origem latina “Placere”, remetia-se a: “aceito”, “querido”, que, por sua vez, es

Pílulas Literárias #245 - Encontro

Existem duas formas distintas e antagônicas no sentido da palavra encontro. Se usamos como direcionamento, a preposição "a", acrescida do artigo "o" , ou seja, "ao encontro", não existem barreiras que

Pílulas Literárias #244 - Conversa

Nada é mais salutar do que uma conversa aberta, em campo neutro. O antigo papa de botequim, sem hora marcada, sem tempo definido, quantas arestas foram quebradas, não pelos valores etílicos e, sim, po

Comments


bottom of page