top of page
  • José Leonídio

Pílulas Literárias #134 - Entre o sim e o não


Quantas vezes nos vemos frente a uma decisão onde o talvez, o ficar em cima do muro, não é a melhor saída?


O Sim é fácil de dizer, balança a cabeça e concordou. O não, pelo contrário, exige uma coordenação entre corpo e mente. É muito mais difícil, dói o pescoço quando giramos a cabeça de um lado para o outro negativamente.


Negar é ir ao encontro do que está sendo dito, apresentado ou, também, baseado nas próprias experiências.


O sim agrada. O não, quase sempre, é motivo de discórdia, porque quem os apresenta o faz dentro da visão que embasa seus conceitos, ou seja, a sua verdade incontestável.


Não podemos ter medo de desagradar, porque, ao dizer sim para fora, poderemos estar dizendo não para dentro de nós, e viver com a sensação de que tudo seria diferente, se respondêssemos com a razão e não com a emoção e ou não desagradar a outrem.


Não tenham medo do NÃO, porque pode ser muito mais benéfico do que um SIM “acordeirado”.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Pílulas Literárias #246 - Prazer

As palavras vão tomando novos sentidos, com o passar dos anos, dos séculos. Um exemplo é a palavra Prazer, que, na sua origem latina “Placere”, remetia-se a: “aceito”, “querido”, que, por sua vez, es

Pílulas Literárias #245 - Encontro

Existem duas formas distintas e antagônicas no sentido da palavra encontro. Se usamos como direcionamento, a preposição "a", acrescida do artigo "o" , ou seja, "ao encontro", não existem barreiras que

Pílulas Literárias #244 - Conversa

Nada é mais salutar do que uma conversa aberta, em campo neutro. O antigo papa de botequim, sem hora marcada, sem tempo definido, quantas arestas foram quebradas, não pelos valores etílicos e, sim, po

Comments


bottom of page