top of page
  • José Leonídio

Pílulas Literárias #104 - Ideia

Ideia, palavra de origem grega (eidea) que tem como raiz eidos, ou imagem.


Portanto, "ideia" é uma imagem que criamos de determinada situação.


Como cada um de nós tem uma posição única no planeta terra, nossa visão associada aos outros sentidos nos permite criar nossa ideia sobre

a questão em pauta.


Por sermos seres únicos que se agrupam formando a sociedade, as ideais serão diversas, e, aí, para convivência harmônica, as ideias vão se fundindo, prevalecendo aquela absorta pela maioria.


Este é o princípio da Democracia. Podemos divergir das ideias, mas aceitar a da maioria é respeitar princípios básicos.


Nossa ideia é nossa enquanto dentro de nós, quando dividimos com os que estão no nosso entorno passa a ser de todos, cada um com a sua interpretação.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Pílulas Literárias #246 - Prazer

As palavras vão tomando novos sentidos, com o passar dos anos, dos séculos. Um exemplo é a palavra Prazer, que, na sua origem latina “Placere”, remetia-se a: “aceito”, “querido”, que, por sua vez, es

Pílulas Literárias #245 - Encontro

Existem duas formas distintas e antagônicas no sentido da palavra encontro. Se usamos como direcionamento, a preposição "a", acrescida do artigo "o" , ou seja, "ao encontro", não existem barreiras que

Pílulas Literárias #244 - Conversa

Nada é mais salutar do que uma conversa aberta, em campo neutro. O antigo papa de botequim, sem hora marcada, sem tempo definido, quantas arestas foram quebradas, não pelos valores etílicos e, sim, po

Comentários


bottom of page