top of page
  • José Leonídio

Pílulas Literárias #103 - O Mito

Existe a diferença entre o mito e o místico. Muitos creem ser a mesma coisa, porém, carregam interpretações diferentes.


No mito persiste a tradição oral, de seres e figuras que falam das forças da natureza ou das características do ser humano, que atravessa séculos.


No místico o que predomina é o imaginário, o sobrenatural, o irreal a nossos olhos.

No mito o feito reconhecido, no místico o imaginário.


O mito não deriva do místico não é sua representação, não o é por querer ser, e sim porque a ele é atribuído feitos inerentes a melhoria do ser humano ou da natureza.


No místico nossos sonhos, nossas crenças, a fé que depositamos em algo não visível, não palpável.


Saber distinguir suas diferenças nos permite entender os mitos, sua importância na criação ou não de nossos valores.


No místico, nossa necessidade conquistarmos o que desejamos.


O lúmen da torcida de uma vela e mítica, mas quando pedimos algo ao rezarmos à sua frente passa a ser mística, porque lhe atribuímos, naquele momento, poderes sobrenaturais.


Tenham um dia maravilhoso.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Pílulas Literárias #246 - Prazer

As palavras vão tomando novos sentidos, com o passar dos anos, dos séculos. Um exemplo é a palavra Prazer, que, na sua origem latina “Placere”, remetia-se a: “aceito”, “querido”, que, por sua vez, es

Pílulas Literárias #245 - Encontro

Existem duas formas distintas e antagônicas no sentido da palavra encontro. Se usamos como direcionamento, a preposição "a", acrescida do artigo "o" , ou seja, "ao encontro", não existem barreiras que

Pílulas Literárias #244 - Conversa

Nada é mais salutar do que uma conversa aberta, em campo neutro. O antigo papa de botequim, sem hora marcada, sem tempo definido, quantas arestas foram quebradas, não pelos valores etílicos e, sim, po

Comments


bottom of page