• José Leonídio

Pílulas Literárias #06 - Amor

É comum ouvir " vamos fazer amor". Amor não é um ato concreto, não se constrói colocando tijolo sobre tijolo.


O amor não é palpável nem mensurável. É um sentimento que tem sua nobreza, mil faces e, em cada, um olhar diferente, um brilho próprio. Amor e coração se interligam por caminhos diversos, mas que se concentram num sentimento maior.


O amor não é massa que se mistura, não são peças de quebra-cabeça que se interligam, a relação entre duas pessoas que se amam e consequência e não causa: é o ápice do amor puro porque surge naturalmente de uma semente plantada que cria raízes e nos envolve sem percebermos.




1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Existe uma diferença entre a gnose (conhecimento, sabedoria) do homo sapiens para as máquinas ditas inteligentes, que nos substituira em todos os nossos atos e obrigações. O conhecimento das ditas má