• José Leonídio

Pílulas Literárias #04 - Virtude

Virtuoso, qualidade de quem tem virtude.


Virtude, qualidade moral que está ligada exclusivamente ao ser humano e, na atualidade, associa-se cada vez mais com o politicamente correto: o que se insere no desejável coletivo, seja na ótica da moral, da religião, da política.


Ser virtuoso é muito mais do que seguir preceitos preestabelecidos de virtude. Cada um de nós tem os seus princípios e a eles deve seguir.


Desde que não ultrapassemos os limites dos direitos de outrem ou da sociedade, temos o direito de ser o que somos, porque, se não, nos anulamos em nome de uma virtuosidade dita politicamente correta e nos anulamos enquanto pessoas individuais que têm valores, sonhos e limites.


Ser virtuoso não é se anular para a sociedade. Não é colocar uma capa que encobria o que somos na nossa realidade.




1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Existe uma diferença entre a gnose (conhecimento, sabedoria) do homo sapiens para as máquinas ditas inteligentes, que nos substituira em todos os nossos atos e obrigações. O conhecimento das ditas má